Salvador Dalí e as Crianças

1.3.15


A maior coleção de obras de Salvador Dalí fora da Espanha fica no Museu Dalí em Saint Petersburg, na Flórida. Não fosse motivo suficiente para visitar a cidade que fica a uma hora e meia de Orlando, o prédio do museu é lindo, em frente a uma baía de águas transparentes e azuis cheias de barquinhos brancos.



Quer mais? Vá sem pressa e curta um expresso no Café Gala, com essa vista privilegiada e passeie pela lojinha do museu que é cheia de artigos interessantes e perfeitos para aquele souvenir.




Se estiver com crianças, melhor ainda, não deixe de visitar a sala destinada aos baixinhos, com contação de histórias (em inglês) sobre o famoso pintor, suas obras e sobre arte em geral e encante-se com a caça ao tesouro em forma de charadas que presenteia a criançada com uma lembrancinha do museu no final.



Do lado de fora do prédio algumas esculturas reproduzem cenas de telas famosas do artista, bem como um bigode gigante característico (primeira foto acima).




Não bastasse a oportunidade de ver ao vivo peças de um dos mestres do surrealismo, o Museu Dalí é uma metamorfose constante, onde suas 2140 peças de arte saem, de vez em quando, para exposição em mostras temporárias mundo afora. Também recebe obras de outros museus e até mesmo de coleções particulares, enriquecendo a experiência de seus visitantes e convidando-os a retornarem sempre, com a garantia de novidades.


Quando estivemos lá em Fevereiro de 2015 havia uma exposição de Pablo Picasso, com ênfase na influência que o mestre teve sob Dalí. A amostra, infelizmente proibida de fotografar, ressaltava a evolução de Dalí desde o momento que conheceu Picasso e suas obras, com jornais da época, cartas, entrevistas e, é claro, muitas obras de arte.



 O prédio, em si, é uma obra de arte arquitetônica, com uma grande escada em espiral em seu centro e estruturas envidraçadas azuis voltadas para a baía, que banham de luz o prédio todo, com exceção, é claro, das galerias que ficam à meia-luz.


Nossas meninas estão acostumadas a visitar museus e adoraram a caça ao tesouro que lhes foi oferecida enquanto pegávamos os fones do audio-tour, gratuitos, que fazem parte da visita. O áudio é em espanhol, inglês ou alemão e recomendo muito, pois traz informações interessantes na forma de leitura histórica e abrangente sobre a obra. Qual o momento do artista, quem o influenciou, o que o motivava... um dos melhores audio-tours que já usei em museus!



Mas voltando a caça ao tesouro, o folheto é em inglês e na forma de "riddles" ou charadas, propõe que as crianças relacionem as obras corretas às charadas, estimulando-as a procurarem as mesmas na galeria, observarem detalhes nas telas enquanto buscam entender a charada. Muito interessante e criativo. As meninas adoraram e foi até engraçado porque eram as únicas crianças nas galerias, até chegar uma turma de escola com crianças de aproximadamente 8 anos. Um casal e um senhor vieram conversar conosco, parabenizando o interesse das meninas, tanto nas obras quanto em completar a caça ao tesouro.


A arte de Dalí é perturbadora e algumas das telas chamaram muito à atenção da Manoela, especialmente. Ela ficou inquieta, curiosa, notavelmente estimulada com a experiência.


Adoramos a visita e depois saímos para passear. Ali perto tem um parquinho e também o famoso pier da cidade, com sua pirâmide invertida, bem diferente de todos os outros que havíamos visitado.




Ao lado do píer, parques e praias e a rua que leva ao píer também leva ao centro da cidade, com seus bares, cafés e lojinhas simpáticas. Um passeio delicioso pertinho de Orlando. Não dá pra perder!




Informações:

Estacionamento com parquímetro em frente.
Endereço: One Dali Boulevard (o GPS não encontrou, então usamos o Waze e deu certo)
Aberto diariamente entre 10:00 e 17:30
Valor das entradas, ver no site: www.thedali.org
(Quando fomos era 24,00 para adultos; 10 para crianças (6 a 12 anos) e menor de 6 era grátis.)
Cupons de 2,00 (para até 4 pessoas) nos folhetos encontrados nos hotéis.
Tour virtual: http://thedali.org/virtual-tour/index.html

4 comentários:

Roberta Martins disse...

Dali é um dos meus artistas favoritos e também escrevi sobre ele na blogagem coletiva da RBBV, mas sobre o de Figuéres. Seu link está no meu blog.

Francine D. Agnoletto disse...

Que legal Clau!!
Não sabia que tinha um museu desse tipo em San Petersburg.

Beijão,

Fran @ViagensqueSonhamos

Claudia Bins disse...

Roberta, Esse museu é lindo demais, em todos os aspectos. Vale muito a visita!

Sou nova na RBBV e estou adorando conhecer os blogs e blogueiros(as) participantes.

Abraço,

Clau

Claudia Bins disse...

Fran,

É lindo e você viu o prédio? Só ele já valeria a visita!

Beijo,

Clau